Categories ,

Centro Médico São Mateus

São Mateus é um centro médico em Cantanhede (PT). O objectivo deste projecto era desenvolver uma nova identidade e comunicação. O centro médico conta com 14 anos de experiência e a sua marca estava já ultrapassada, sentiam necessidade de renovar e ultrapassar a concorrência.

O tipo de letra usado foi a Yanone Kaffeesatz e as cores foram baseadas nos tons de azul, criando um gradiente moderno numa parte do símbolo do logótipo e no nome principal do centro médico. O azul identifica-se perfeitamente bem com as áreas a ver com a saúde.

O logótipo São Mateus encaixa muito bem em todo o suporte de comunicação da São Mateus, que quer continuar a diferenciar-se da concorrência e conseguir mais clientes. Fica muito bem nas fardas dos colaboradores e dá boa comunicação no facebook, na nova montra e no site. Os flyers servem para a comunicação dos demais serviços. Esta simbologia remete-nos para delicado, algo ligado à saúde, algo limpo e minucioso. A construção do símbolo foi conseguida através da junção de 3 temas: Estetoscópio + Iniciais CMSM + Coração. O resultado final assemelha-se à junção das iniciais de forma estilizada, e ao mesmo tempo a um estetoscópio que envolve o coração.

O resultado final foi aceite pelo cliente, sem alterações, levando a que o briefing inicial tenha sido conseguido a 100%. A empresa tem muitos projectos e com o sucesso deste, mais projectos, em regime de parceria, poderão surgir no futuro.

Este projecto foi apresentado de forma mais detalhada na minha página pessoal do Behance.
Pode ver aqui: https://goo.gl/YIxshS

 

Pretende saber mais?

“Diferenciamo-nos de todas as outras empresas que exercem o ramo da medicina no trabalho, pois a nossa é a única que pode garantir um serviço médico permanente de prevenção, graças à presença diária de um médico na sede do nosso centro. É nossa intenção oferecer aos utentes particulares do nosso centro, um serviço fiável e contínuo no tempo. Através dos nossos cuidados médicos, pretendemos complementar os serviços prestados pelos centros de saúde.”

É coisa preciosa, a saúde, e a única, em verdade, que merece que em sua procura empreguemos não apenas o tempo, o suor, a pena, os bens, mas até a própria vida; tanto mais que sem ela a vida acaba por tornar-se penosa e injusta. Michel de Montaigne

O seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *