Categories

Minerial Produits Minéraux

  • Cliente

    Minerial (Suiça, CH)

  • Serviços

    Produtos Minerais

Minerial é uma empresa de produtos minerais na Suiça (CH). O objectivo do projecto era desenvolver uma nova identidade, baseada no conceito de Fibonacci. Foi conseguido um símbolo simples através de várias “ondas” e formas irregulares, que na sua junção formam um símbolo abstracto semelhante a um efeito de tridimensão, de ilusão de óptica.

O lettering utilizado tem um estilo “forte” e espesso, com alguns cantos arredondados que lhe fornecem um contraste moderno. Neste caso em que temos um sub-título, optei por desenhá-lo em letras maiúsculas, para contrastar bem com o nome principal e para tornar mais “proporcional” a identidade.

O logótipo encaixa muito bem em todo o suporte de comunicação da Minerial, que quer estar presente em vários países do mundo. Tais como, na sinalética tridimensional das instalações laborais; no website e redes sociais; no padrão em documentos e folders de trabalho; nos cartões pessoais; nos banners publicitários da web; nas apresentações multimédia; entre outros.

Esta simbologia remete-nos para algo abstracto, como se fosse imaginário. O efeito espiral do símbolo é algo que nos leva a percorrer vários caminhos, como se estivéssemos a sonhar e a percorrer vários locais do mundo com a empresa. As cores são tons de laranja e amarelo, formando um gradiente.

O resultado final foi aceite pelo cliente, sem alterações, levando a que o briefing inicial tenha sido conseguido a 100%. A empresa tem muitos projectos e com o sucesso deste, mais projectos, em regime de parceria, poderão surgir no futuro.

 

Pretende saber mais?

“A palavra mineral inclui um grande conjunto de substâncias sólidas, sendo difícil de definir a palavra com exactidão. Oficialmente, um mineral é qualquer substância no estado sólido, geralmente inorgânica, de origem natural, com fórmula química definida e cujos átomos estejam ordenados formando uma estrutura cristalina. Os minerais associam-se naturalmente formando rochas.”

2 Comentários

O seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *